segunda-feira, 22 de maio de 2017

A diminuição da Dengue - Postado por Jairo Len

No mar de péssimas notícias que passamos na semana passada, pelo menos algum alento na área médica...

Casos de Dengue, Zika e Chikungunya caíram vertiginosamente no Brasil em 2017, comparado aos anos anteriores.

Em relação a 2016, a queda foi:
Dengue - queda de 90,4%,
Chikungunya - queda de 68,1%
Zika - queda de 95,4%.

Em algumas áreas do Brasil houve aumento dos casos, como Chikungunya no Ceará e outros estados no Nordeste, mas os números gerais são bem interessantes. Tive alguns pacientes (de famílias cearenses) aonde ninguém da casa escapou da epidemia...

A meu ver, não foram tomadas medidas concretas para a diminuição, ainda que imagino a população um pouco mais consciente em relação aos criadouros domésticos de mosquitos. Se foi o clima, a sorte...enfim, o importante é que houve essa melhora.

Vírus Sincicial Respiratório
Vivemos (aqui em São Paulo) com uma epidemia de Vírus Sincicial Respiratório (o VSR), ainda que seja esperado para o outono. Todo outono é assim, mas eu diria que neste ano a endemia está mais para uma epidemia. Felizmente não temos visto casos mais graves, mas o índice de internações está acima do habitual.
VSR é uma doença difícil de se evitar, porque nas crianças mais velhas (acima de 2 anos) pode se manifestar como um resfriado comum, sem trazer maiores consequências, mantendo a criança em convívio social normal, e espalhando o vírus. Todos os cuidados de higiene são sempre recomendados, mas nem sempre são suficientes.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço todos os comentários!
De acordo com normas do Conselho Federal de Medicina, determinadas orientações só podem ser feitas após consulta médica ou avaliação/seguimento - portanto não posso responder perguntas detalhadas e individualizadas neste canal.
Obrigado

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.